Voltar à janela anterior
Legislatura de 1919/1922

Vereadores:

Cel. Antônio da Silva Araújo (Presidente)
Gerson Moretzsohn (Vice-presidente)
José Gomes de Vasconcelos
Sebastião Machado dos Reis
Antônio Fernandes Filho
João Batista Pereira
Arthur Honorino de Meira
Antônio Saturnino Vieira
Levindo Dias do Nascimento
Evaristo de Laete
Manoel Neves Pereira
Filipe de Abreu
Daniel José Oliveira
Eduardo Silva Araújo

Suas principais realizações foram a instalação da linha telegráfica e dos postes do Telégrafo Nacional e a inauguração dos serviços de produção de energia elétrica da cidade, de propriedade da Empresa Industrial de Caratinga.

A ERA LUDGERO ALVES

Em 1919 a política volta a ser dominada pelo Coronel Antônio da Silva Araújo, sendo sucedido por Agenor Ludgero Alves que permaneceu até 1930. Suas principais realizações foram: Instalação dos Postes do telégrafo Nacional e inauguração dos serviços de produção de energia elétrica da cidade, de propriedade da Empresa Industrial de Caratinga. Em 1927 Agenor Ludgero Alves conseguiu a assinatura do Contrato entre o município, a estrada de ferro Leopoldina e o estado de Minas Gerais, com a inclusão de Caratinga entre as cidades beneficiadas. Em 14 de julho de 1928 em meio a grandes festividades, tiveram fim os estudos para a instalação da Estrada de Ferro.