Voltar à janela anterior
Legislatura de 1899/1900

Vereadores:

Cel. Antônio da Silva Araújo (Presidente)
João Marques Pereira
Francisco Conrado Costa
José Monteiro de Abreu Silva
Francisco Cyriaco de Carvalho
Silvestre José Ribeiro
José da Costa Ferraz
Benedito Vasconcelos
José Francisco dos Anjos

A legislatura seguinte toma posse em 2 de janeiro de 1899, quando se saiu vitoriosa a oposição, que era agora reforçada com a adesão do Coronel Antônio da Silva Araújo e Raphael da Silva Araújo. Suas principais realizações foram o pagamento de dívidas da Câmara anterior (importância de 12.000$000) e abertura de uma estrada no Barro Branco, no entorno da atual praça Calógeras, alargando os limites da cidade. Segundo Lázaro do Val, foi também permitido que se criassem cabras de leite soltas, desde que fossem para o sustento de crianças e doentes. Nossa produção de café chegava a 400.000 arrobas anuais.

Esta Câmara, e também a seguinte, mostrava o domínio político do grupo denominado de “Caranguejo”, liderado pelos irmãos Silva Araújo, e que voltaria ao poder tempos depois.